Dor nas costas em crianças e adolescentes

Estima-se que cerca de 50% das pessoas com 18 a 20 anos já tenha tido algum episódio de dor nas costas. Embora a dor nas costas possa ser um sinal de um problema sério especialmente em crianças com menos de 10 anos, a maioria dos episódios de dor nas costas em crianças não são problemas graves e se resolvem sem tratamento específico.

 

CAUSAS DA DOR NAS COSTAS EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES

A causa mais comum de dor nas costas em crianças é o espasmo ou estiramento muscular. Isso pode acontecer após alguma atividade visita, de carregar mochila pesada ou após uma queda.

Veja abaixo uma lista de causas potenciais de dor nas costas em crianças e adolescentes:

 

Causas musculares: a maioria dos episódios de dor nas costas em crianças e adolescentes é de origem muscular. A dor tende a se localizar na região da coluna lombar nos músculos paravertebrais (que envolvem a parte posterior da coluna). É frequentemente associada ao esforço excessivo ou após lesões agudas, principalmente após rotação do tronco ou levantamento de algum objeto pesado.

 

Alguns fatores podem contribuir para a dor nas costas de origem muscular em crianças e adolescentes como:

  • Mochila pesada: apesar de os estudos apresentarem resultados inconsistentes em relação à associação entre o peso da mochila e incidência de dor nas costas, recomenda-se que a criança não carregue um peso maior que 10-20% do seu peso corporal na mochila.

  • Colchão muito macio pode estar associado à dor nas costas (Kovacs FM, Lancet 2003: 362, 1599).

  • Mamas muito grandes pode estar associado à incidência aumentada de dor nas costas em meninas.

  • Fatores psicológicos como depressão, ansiedade e estresse podem estar associados a dor nas costas em crianças e adolescentes.

 

Causas ósseas: a dor ocorre mais na parte central das costas.

 

Algumas causas específicas comuns em crianças e adolescentes são:

  • Espondilólise e espondilolistese: espondilólise é o defeito ósseo na região da pars interarticularis de L5. Esse defeito pode ser de um lado ou de ambos e é frequentemente causado por microtrauma na região (fratura por estresse) devido à esforço repetitivo de movimentos de flexão e extensão do tronco. Ocorre mais comumente em pessoas que praticam esportes de alto rendimento (por exemplo: ginástica olímpica, levantamento de peso, vôlei, futebol, etc). Quando a espondilólise ocorre em ambos os lados pode ocorrer a espondilolistese, que é o deslizamento de uma vértebra sobre a outra.

  • Escoliose: é a curvatura anormal da coluna (acima de 10 graus). Tem diversas causas, mas a causa mais comum é a idiopática. Cerca de 40% dos adolescentes com escoliose idiopática apresentam dor nas costas. Leia mais em ESCOLIOSE IDIOPÁTICA DO ADOLESCENTE.

  • Cifose de Scheuermann: é a deformidade das costas que se manifesta como o arqueamento das costas. Estima-se que 4-8% dos adolescentes apresentem esse problema. A causa do problema é a combinação de fatores genéticos e mecânicos da coluna. É uma causa de dor nas costas em adolescentes. O problema é mais comum em meninos.

 

Causas relacionadas ao disco intervertebral: a dor nas costas relacionadas ao disco intervertebral geralmente é exacerbada quando a criança/adolescente inclina o tronco para frente. Cerca de 10% dos casos de dor nas costas persistente em crianças e adolescentes está relacionado a problemas nos discos intervertebrais. A dor pode se irradiar para as pernas devido à compressão ou irritação das raízes nervosas que saem da coluna. Apesar de ser bem menos comum em crianças e adolescentes do que em adultos, hérnia de disco pode ser uma das causas de dor nas costas em crianças.

Causas bem menos comuns incluem infecções, artrites e muito raramente câncer ou tumores benignos dos ossos.

 

Quando suspeitar de um problema mais sério:

  • Dor nas costas muito intensa, principalmente quando ocorre durante a noite ou está piorando com o tempo.

  • Dor nas costas acompanhada de febre.

  • Dor nas costas acompanhada de emagrecimento.

  • Dor nas costas em crianças com menos de 5 anos de idade.

  • Fraqueza na perna, caminhar mancando ou quando a criança se recusa a caminhar.

  • Dor nas costas após uma lesão recente.

  • História prévia de câncer ou tuberculose.

  • Dor nas costas associada a dificuldade de urinar ou defecar.

  • Dor nas costas que impede a criança de participar das atividades normais.

 

DIAGNÓSTICO

Para determinar a causa da dor nas costas, o médico especialista em coluna pediátrica vai realizar um exame clínico após coletar informações importantes. Algumas vezes são necessários exames de sangue e outros exames de imagem. 

Caxias do Sul: (54) 3021-0684  |   (54) 99996-0011       

©2019 Dr Alisson R. Teles - Neurocirurgia / Coluna  |  CRM 33346  |  RQE28183